Governador Robinson Faria descarta cobrar royalties do setor eólico no RN

Governador Robinson Faria descarta cobrar royalties do setor eólico no RN

 
“Não haverá, da nossa parte, qualquer iniciativa para a cobrança de royalties".

O governador Robinson Faria (PSD) confirmou neste sábado (2) que seu governo não pretende discutir ou implantar a proposta de royalties sobre a produção eólica do Rio Grande do Norte. O anúncio, feito em seu perfil no Instagram, ocorre após o conselheiro da Associação Brasileira de Energia Eólica – ABEÓLICA e presidente do Comitê de Energias Renováveis da FIERN, Sérgio Azevedo, questionar o modelo de cobrança apresentado pelo secretário de Desenvolvimento do Estado, Paulo Roberto Cordeiro.“O Governo do Rio Grande do Norte reconhece a importância da energia éolica para a economia do nosso estado e ressalta que o diálogo com as instituições como FIERN, Abeeólica e associações do setor será permanente e em busca do desenvolvimento sustentável, inclusive criando alternativas e/ou incentivos para que o RN se transforme também num polo de produção de peças e equipamentos para abastecer a indústria eólica e solar”, escreveu ainda o governador.

 
Em nota, o secretário Paulo Roberto Cordeiro considerou que a ideia por ele defendida era a de cobrar royalties para todos os estados produtores de energia eólica e não só para o Rio Grande do Norte, como pontuou originalmente ao apresentar um plano de desenvolvimento na Fiern e que fez Sérgio Azevedo questionar a validade da proposta.
 
Fonte - Portal NoAr